corpo-mente
 

 

 

MESMO COM O PASSAR DOS ANOS PODEMOS, AO INVÉS DE ENVELHECER, REJUVENESCER POR DENTRO E POR FORA.

DRA. EDITH KAWANO HORIBE

 

 

 A BELEZA VERDADEIRA

 

Existe um movimento científico bastante atuante no mundo e no Brasil: é a Ciência Preventiva Pró-Ativa Antienvelhecimento, mais conhecida como Antiaging. Uma área multidisciplinar que busca detectar, prevenir e retardar as doenças que acometem pessoas de todas as faixas etárias e não só as da terceira idade, como muitos supõem.

 

Prevenção é a palavra de ordem! Para isso é primordial o estilo de vida no amadurecimento saudável do indivíduo. Desde a infância, fatores como alimentação, exercícios físicos, meditação, entre outros, determinam como envelheceremos.

 

Além disso, somos o que pensamos, ou seja, tudo começa pela mente. “Ela que comanda positiva ou negativamente”. Quem nos fala é a cirurgiã plástica, Dra Edith Horibe, dirigente da Clínica Horibe, que trata de seus pacientes de forma holística, ou seja, do ser humano global. “A filosofia da medicina oriental e cura quântica fazem parte da rotina dos procedimentos cirúrgicos, devido aos benefícios imensuráveis já conquistados e comprovados cientificamente”, complementa.

 

A cirurgia plástica convencional ensinada nas Universidades ocidentais enfatiza principalmente, os aspectos técnicos dos procedimentos e nem sempre levam em conta os psicológicos e energéticos do ser humano.   

 

Ela explica que existe a cirurgia plástica por dentro e por fora. Esta abordagem holística aos procedimentos cirúrgicos estéticos convencionais tem como objetivo renovar o corpo, a mente e a alma. Uma teoria embasada no conceito de que o ser humano é um ser multidimensional, com os três itens interligados e influenciando-se mutuamente, portanto eles devem ser levados em consideração para que qualquer procedimento seja bem-sucedido.

 

Segundo a Dra Horibe a sociedade vive a banalização do ato cirúrgico com finalidade estética no Brasil. Uma das conseqüências foi o aumento do número de pacientes, acima da capacidade de muitos serviços de cirurgia plástica, levando ao comprometimento da qualidade dos resultados por falta de tempo e pessoal disponível para um tratamento adequado.

 

Fora isso, a especialista em anti-aging acha que a medicina ocidental somente é incompleta no que diz respeito à mente e espírito.

 

Ela explica ainda que para manter a aparência mais jovial não é necessário passar por inúmeros procedimentos de prevenção e cirúrgicos. Muitas vezes, “a mudança de estilo de vida é o fator mais importante na saúde”, explica a médica.

 

Mas para aqueles que trazem os traços não tão envelhecidos, e evitam  procedimentos cirúrgicos, conta com os recursos da Estética Médica que age na recuperação e manutenção da fisionomia jovem,  finaliza a Dra. Edith  Horibe. Uma delas é a meditação, que beneficia a saúde e o bem estar através de um equilíbrio e da sensação  de paz interna.

 

Na verdade, a pioneira do anti-aging, quer despertar na sociedade o interesse em promover a prevenção de doenças, a manutenção da saúde, qualidade de vida com produtividade, pois em sua opinião assim, é possível envelhecer saudavelmente.

 

Dra. Edith Kawano Horibe é cirurgiã plástica presidente da ICAM Ibero-American Confederation of Anti-Aging Medicine; presidente da ABMAE- Academia brasileira de Medicina Anti-Envelhecimento, expoente em Gestão Antienvelhecimento e pioneira da Estética Médica.

 

 

CUIDADOS COM A PELE AJUDAM A NÃO ENVELHECER

 

Envelhecer faz parte da nossa história, mas cuidados básicos podem suavizar seus efeitos. Assim, rugas e cabelos brancos podem ser adiados com uma vida saudável, boa alimentação, bastante água, prática de exercícios físicos e proteção do sol. A pele envelhecida se caracteriza por ser fina, sem elasticidade, apresentar rugas finas e aprofundamento das linhas de expressão. O envelhecimento pode se dar pelas características genéticas que herdamos ou devido a fatores ambientais e hábitos de vida, como fumo, alimentação inadequada e falta de exercícios físicos.

 

FATORES RELACIONADOS AO ENVELHECIMENTO DA PELE:

 

Radiação solar

A radiação solar atua na pele causando desde queimaduras até foto envelhecimento e aparecimento dos cânceres de pele. Várias alterações de pigmentação da pele são provocadas pela exposição solar, como as manchas, pintas e sardas. A pele foto envelhecida é mais espessa, por vezes amarelada, áspera e manchada. Pessoas com pele envelhecida pelo sol têm maior probabilidade de desenvolver câncer e lesões pré-cancerosas.

Cigarro

 

Pessoas fumantes possuem marcas acentuadas de envelhecimento na pele. O calor da chama e o contato da fumaça com a pele provocam o envelhecimento e a perda de elasticidade cutânea. Além disso, o fumo reduz o fluxo sangüíneo da pele, dificultando a oxigenação dos tecidos. A redução deste fluxo parece contribuir para o envelhecimento precoce da pele e para a formação de rugas. Rugas acentuadas ao redor da boca são muito comuns em fumantes.

Álcool

 

O consumo de álcool influi no metabolismo. Altera a produção de enzimas e estimula a formação de radicais livres, que causam o envelhecimento. A exceção à regra é o vinho tinto, consumido moderadamente, que contém flavonóides, que têm ação antioxidante.

 

Movimentos musculares

O movimento repetitivo e contínuo de alguns músculos da face aprofunda as rugas, causando as chamadas marcas de expressão, como as rugas ao redor dos olhos. Já a atividade muscular é importante para o organismo como um todo, tornando a pessoa mais disposta, melhorando seu físico e também a sua saúde.

 

Radicais livres

São uns dos maiores causadores do envelhecimento cutâneo. Os radicais livres se formam dentro das células pela exposição aos raios ultravioleta, pela poluição, estresse, fumo, etc. Acredita-se que os radicais livres provocam a degradação do colágeno (substância que dá sustentação à pele) e a acumulação de elastina, que é uma característica da pele foto envelhecida.

 

Bronzeamento artificial

O bronzeamento artificial pode causar o envelhecimento precoce da pele (rugas e manchas) e formação de câncer de pele.

 

Envelhecimento e alimentação

Uma dieta não balanceada contribui para o envelhecimento da pele. Assim como a ingestão de líquidos é importante para a saúde geral e também para a hidratação do organismo, a dieta é importante para manter a pele saudável. Existem elementos que são essenciais e devem ser ingeridos para repor perdas ou para suprir necessidades, quando o organismo não produz a quantidade diária suficiente. São eles: água em abundância, vegetais, frutas, peixe, carnes magras, etc. Enfim, toda a gama de alimentos que contenham as vitaminas, proteínas e fibras necessárias ao organismo e que ajudem a prevenir os radicais livres, que aceleram o processo do envelhecimento.

 

Tratamento do envelhecimento

Sabendo-se do papel do sol no envelhecimento da pele, qualquer tratamento de rejuvenescimento obrigatoriamente começa com filtro solar. Como regra básica devemos preferir os filtros com FPS 15 ou maior, que protejam contra os raios UVA e UVB. Outros tratamentos podem ser indicados pelo dermatologista, como técnicas de preenchimento, cirurgias e a aplicação de medicamentos. Os dermatologistas tem os conhecimentos necessários para fazer esta indicação e prescrever o melhor tratamento para cada caso.

 

FONTE: Redação, com Ondiet - do Rio de Janeiro

 

 

_________________________


Direitos autorais (Lei federal nº 9.610/98) - Quando da utilização de material  deste site, deve ser feita a seguinte referência: "extraído de
www.idademaior.com.br"