AGRITURISMO:

 

Para quem está planejando as próximas férias, uma sugestão é conhecer a velha Toscana, que é uma das maiores regiões italianas (23 mil quilômetros), em número de habitantes (aproximadamente 4 milhões), localizada na parte central da Itália.

 

Florença é sua capital, com lindas obras arquitetônicas civis e religiosas, e esculturas e pinturas de grandes artistas como Leonardo da Vinci, Michelangelo, entre outros.

 

Nesta região lindíssima fazem parte outras províncias bem famosas como Siena (célebre pelos seus vinhos, como o Chianti ou Brunello) e com a praça do Campo, palco do famoso Palio que acontece no verão.

 

Tem também a torre pendente de Pisa para se conhecer, Carrara, com sua catedral revestida com o prestigioso mármore que dá o nome a cidade; Lucca, Pistoia,Arezzo, Grosseto, Livorno, Prato, que se orgulham por seus monumentos de altíssimo valor.

 

 cas-de-pedra

 

Para conhecer qualquer lugar, o ideal é se sentir como um nativo da terra. E na Toscana é possível, hospedar-se em uma villa original do século XV.

 

O agriturismo é uma tendência difundida nos últimos anos na Itália, em particular na região da Toscana. Donos de propriedades rurais reformaram suas villas e abriram as portas para oferecer ao turista a oportunidade de conhecer a cultura italiana e viver como um legítimo toscano, experimentando a autêntica vida dos moradores locais e participando de atividades do campo, como a colheita de uvas, azeitonas ou outras culturas.

 

Um exemplo é a Villa Podere Felceto, em que o visitante, pode fazer o que quiser na hora que bem entender. Localizada a cerca de 10 minutos de Panzano, a Villa situa-se no coração da Toscana, em pleno Chianti Clássico, a meio caminho de Florença (40 minutos) e Siena (45 minutos), numa paisagem de vinhas, olivais, girassóis, ciprestes, castelos e monumentos intactos desde a Renascença, sob o famoso sol da Toscana.

 

A casa por fora, é uma autêntica propriedade toscana, erguida há mais de 500 anos, conservada e tombada pelo patrimônio histórico.
A casa de pedra fica em meio a 21 hectares de terra com plantações de cultivo biológico, cercada por um grande olival, um vinhedo e um belíssimo bosque, cortado por uma estrada que data do Império Romano.

 

  vista-externa

 

Na parte externa, possui uma piscina ecológica (12 x 6m). Tudo isso com vista para o rio Pesa. Do alto da colina em que foi construída, a Villa Podere Felceto oferece uma vista privilegiada da paisagem sinuosa do Chianti. A casa tem dois andares com capacidade total para 13 pessoas. Tem ainda um cottage que hospeda duas pessoas.

 

GASTRONOMIA TOSCANA

A cozinha Toscana é composta basicamente por risotos, carnes e peixes.

Queijos de ovelha, pratos à base de carne de porco e azeite de oliva são utilizados nos pratos típicos de diferentes maneiras de cidade a cidade.

 

Cada receita toscana, mesmo se composta de poucos ingredientes, é realçada com o uso de alho e cebola ao lado de alecrim, sálvia, manjericão, louro, salsa, noz-moscada, coentro, cravo, canela e pimenta. Assim são feitos a “Ribollita” ou a “Panzanella”, o “Cibreo” (miúdos de frango) e a “Scottiglia” (ensopado de carnes mistas).

 

O turista que quiser ter a experiência de cozinhar, pode explorar o mercado, comprando os ingredientes do almoço e do jantar, e arriscar-se a assar uma suculenta bisteca alla fiorentina como um morador local.

 

Para isso, pode ser orientado por um verdadeiro toscano – o proprietário da Villa – ou contratar um chef  para preparar junto com ele,  o menu escolhido, aprendendo a fazer e degustando as delícias da cozinha toscana.

 

COMPARTILHE DA COLHEITA

O turista pode ainda participar da vendemia (colheita de uvas) para a preparação do vinho Chianti, em setembro, ou da colheita de azeitonas, durante o ano todo, e conhecer o processo de frangitura (extração do azeite).

 

QUANDO IR

A melhor época para viajar a Toscana é Maio, Junho, Setembro, Outubro até meados de Novembro.

 

Serviço:

A Villa é alugada preferencialmente para grupos. Pode-se montar um pacote, com várias opções como serviço de café da manhã, arrumadeira, contratação de chef, entre outros. Há preços diferenciados para a alta, a média e a baixa estação.

Visite os sites: www.casanatoscana.com.br, Conheça mais da Toscana: site http://www.regione.toscana.it/ e La cucina italiana - Toscana
http://www.emmeti.it/Cucina/Toscana/index.it.html

 

 

VIAGENS PARA A TERCEIRA IDADE

 

A segunda edição do Guia Viaja Mais Melhor Idade disponibiliza, em um único volume, com classificação por faixa de preço, os pacotes turísticos disponíveis e os meios de hospedagem cadastrados neste programa.

  

Elaborado pelo Ministério do Turismo em parceria com a Caixa Econômica Federal, o guia poderá ser encontrado nas agências bancárias da Caixa instaladas nos 12 destinos emissores do programa.

 

Lançado em abril do ano passado, o Viaja Mais Melhor Idade Hospedagem é uma extensão do Viaja mais Melhor Idade e tem como proposta oferecer desconto de 50% nas diárias dos meios de hospedagem que aderem ao programa. O desconto é válido para o ano inteiro, praticado nos períodos de baixa ocupação definidos pelos estabelecimentos hoteleiros da rede credenciada.

 

Segundo o ministro do Turismo, Luiz Barretto, os idosos brasileiros querem viajar mais. E isto está sendo possível quando são dadas as condições através deste Programa.

 

No prazo de seis meses, 1.700 mil meios de hospedagem se cadastraram em 426 cidades brasileiras. E já foram registradas 4,9 mil intenções de reserva.

 

A média de acessos diários no site de comercialização Portal de Hospedagem - http://www.portaldehospedagem.com.br/-  se mantém em 10 mil.

 

 

_________________________

Direitos autorais (Lei federal nº 9.610/98) - Quando da utilização de material  deste site, deve ser feita a seguinte referência: "extraído de www.idademaior.com.br"