AGENDA

Não nos responsabilizamos por mudanças de datas, horários ou se houver greve de funcionários nos eventos aqui citados.
Apenas divulgamos os e-mails recebidos.

 

COMENTÁRIOS TERESA FAZOLO

 

filme

 

CASA ESCURA - INÚTIL

O título do filme de Jia Zhang-ke bem se aplica ao conteúdo. Não, não é um filme inútil, ao contrário. A proposta é interessante e oportuna, nesses tempos de consumismo e em que o “made in China” está em quase tudo, inclusive naquelas lembrancinhas fofas, “típicas”, que a gente traz de viagem, crente que são feitas pelos nativos. Mas há, sim, muita inutilidade no longa, cenas que se arrastam desnecessariamente e nada acrescentam à história. Merece aplausos a iniciativa de Zhang-ke em mostrar as diferentes faces do vestir, do luxo à pobreza, falta a ele habilidade para costurar – sem trocadilho – os depoimentos, as sequências filmadas. Assim, o filme se torna irregular e perde em vigor e capacidade de sensibilizar o espectador, pelo menos o ocidental.

O diretor faz uma jornada por distintos territórios no mundo da confecção. Inicia numa fábrica em Cantão, onde se produzem roupas em grande escala. Glamour passa longe dali; há muito calor, um trabalho mecânico e repetitivo. Poderia ser uma fábrica de parafusos ou outra coisa qualquer. Em seguida, Jia Zhang-Ke acompanha a estilista Ma Ke em seus preparativos para uma mostra em Paris, na verdade, uma instalação e não um desfile. O nome de sua marca (Wu Yong) é que dá o título ao filme. Finalmente, entra em cena uma China desolada, numa região onde as minas de carvão roubaram dos ateliês os artesãos que antes costuravam. Os que resistem, vivem de pequenos consertos.


Há, sim, humanidade no filme chinês, e espaço para reflexão. Mas a intenção de criar uma atmosfera cult não funciona. Falta maturidade ao realizador. A idéia de fazer um docudrama não ajuda. Cenas montadas inseridas no documentário ficam sobrando, inúteis. Tudo bem que não seja alta costura – afinal, ninguém precisa disso pra ser feliz -, mas podia ser aquela roupinha básica que cai bem, agrada aos sentidos e valoriza a silhueta de quem veste. Vale a pena ir ao cinema, mas é preciso levar, junto com a pipoca, boa dose de paciência. Chinesa.

INÚTIL (USELESS – WUYONG)

Direção: Jia Zhang-ke

China/Hong Kong – 2007

Classificação: 10 anos

 

Teresa tem o blog: http://tecelan.blogspot.com/

 

 

 

JOGO ENTRE LADRÕES

 

jogo

 

(Thick as Thieves, EUA, 2008)

Jack Monahan (Antonio Banderas) é um criminoso que não está em seus melhores dias. Sua sorte muda quando cruza com Ripley (Morgan Freeman), um experiente ladrão que o convida a participar de um grande e arriscado golpe: o roubo de uma das mais valiosas jóias do mundo, que está guardada a sete chaves em uma joalheria russa. Para quitar uma dívida com a máfia, Ripley deverá fazer um trabalho limpo e perfeito. Mas nem tudo acontece como deveria e nem todos são o que parecem nesta trama surpreendente.

 

 

PLANTÃO DE NOTÍCAS” NO TEATRO MUNICIPAL DE NITERÓI

 

plantao

 

O espetáculo “Plantão de Notícias – Humor-Verdade”, comandado por Maurício Menezes, estréia dia 19 de março (quinta-feira), às 20h. Na apresentação, o jornalista reúne uma coletânea dos casos mais engraçados e curiosos da imprensa, além das histórias de bastidores. Em geral, a comédia mostra ao público o outro lado da vida do jornalista, como a busca desesperada da notícia, a tentativa de escrever sobre o que muitas vezes o profissional não domina e, em geral, não tem tempo para aprender, e outros acontecimentos que fazem parte da profissão. Com direção de Bruno Menezes, a entrada do espetáculo custa R$ 30,00.

 

Maurício Menezes tornou-se uma espécie de “ombudsman bem humorado“ da imprensa no Brasil. Há muitos anos coleciona erros e histórias engraçadas e curiosas das rádios, dos jornais e da TV e isso o levou a largar as redações e tornar-se um showman da mídia no Brasil. O jornalista trabalhou na Rádio Globo e está há dois anos na Rádio Tupi, no programa Show da Manhã, do comunicador Clóvis Monteiro.

 

PLANTÃO DE NOTÍCIAS – HUMOR NO JORNALISMO - Teatro Municipal de Niterói

Endereço: Rua XV de Novembro, 35, Centro Classificação etária: 12 anos

Ingresso: R$ 30,00 Tel.: 2620-1624

 

HSBC TRAZ AO BRASIL GRANDES NOMES DA MÚSICA INTERNACIONAL

 

 “HSBC Music Series” é o novo projeto cultural do HSBC, pelo qual a instituição trará ao Brasil, com parceria da Redecard,  alguns dos principais artistas no cenário mundial da música. Para iniciar o projeto, vem ao país o guitarrista e cantor norte-americano Buddy Guy, conhecido por ter servido de inspiração a Jimi Hendrix.  Robert Cray também já confirmou sua presença.

Os ingressos para o show de Buddy Guy já estão disponíveis. Clientes HSBC, portadores do Cartão Mastercard,  terão 20% de desconto na compra de um par de ingressos – por pessoa. A maior parte dos shows acontecerá no eixo Rio de Janeiro X São Paulo, que contam com casa de show HSBC ( HSBC Brasil em São Paulo e HSBC Arena no Rio de Janeiro)  mas praças como Curitiba e Porta Alegre também serão contempladas.

 

 

EXPOSIÇÃO - MARIANNITA LUZZATI NA GALERIA BARÓ CRUZ 

 

 

expo-Marianinha

 

PINTURAS, MONOTIPIAS E VÍDEO

Mariannita Luzzati, artista plástica radicada em Londres desde 94, volta a expor em São Paulo, a partir de 11 de março, em mostra que apresenta trabalhos produzidos nos últimos três anos a partir de imagens registradas em fotografia e vídeo durante as viagens da artista pelos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. 

 

Galeria Baró-Cruz

Rua Clodomiro Amazonas, 528, Itaim Bibi, em São Paulo

Tel.: 11 3167 0830 / E-mail: info@barocruz.com www.barocruz.com 

De 11 de março a 11 de abril de 2009. Horários: de terça a sexta, das 11h às 19h; e sábados, das 11h às 17h.

 

 

EXPOSIÇÕES AQUARELAS E DESENHOS, do artista plástico Samson Flexor

(1907-1971), IDÉIAS DE FABRICAÇÃO: pequeno atlas, do gravador Claudio Mubarac, e FOTOGRAFIAS, de Otto Stupakoff no Centro Cultural do IMS

no Rio de Janeiro. 

 

Otto-Supakof

 

A exposição Aquarelas e desenhos, do artista plástico Samson Flexor, que reúne 98 obras, faz parte das comemorações de seu centenário, iniciadas em 2007. As obras que serão exibidas já passaram pelo IMS-SP e pelo MAC-USP e, em 2007, foram mostradas na Europa, numa seqüência que procurou refazer o percurso de lugares importantes na vida do pintor: Chisinau (Moldávia), Bucareste (Hungria), Bruxelas (Bélgica) e Paris (França). As peças apresentadas por aqui terão como base as aquarelas expostas na Europa, a maior parte delas da década de 1960, mas serão acrescidas de trabalhos pertencentes a colecionadores brasileiros. A curadoria fica a cargo da equipe IMS.

 

Com a curadoria de Antonio Fernando De Franceschi, a mostra Idéias de fabricação: pequeno atlas, que percorre os últimos dez anos de trabalho de Claudio Mubarac, reúne 106 obras entre gravuras e desenhos. Em suas obras, Mubarac utiliza técnicas como fotogravura, fotografia, aquarela, água-forte, água-tinta, buril, ponta-seca, em uma ou mais impressões, com papel ou pergaminho como suporte. Como referência para suas obras mais recentes, Mubarac também utiliza chapas radiográficas de seu esqueleto.

Paralelamente, o Centro Cultural também promove a mostra Fotografias, com 65 obras de Otto Stupakoff.

 

A exposição, que tem Sérgio Burgi como curador, acontecerá na nova galeria do IMS, no piso térreo do recém-construído anexo à sua sede carioca, e celebra a chegada da obra de Stupakoff ao IMS, marcando o início dos estudos e trabalhos curatoriais que serão realizados sobre os 50 anos da carreira do fotógrafo, fundamentais para a compreensão do desenvolvimento da fotografia no Brasil, tanto nas áreas de moda e publicidade como na linguagem de expressão pessoal e criativa.

 

 

Instituto Moreira Salles Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea/ Rio- Exposição: vai até dia 19 de abril de 2009, das 14h às 22h

Tel.: (0 xx 21) 3284-7400

 

               

  ATIVIDADES PARA A IDADE-MAIOR

 

GRUPO SABER VIVER

É  um programa de terapia recreativa e ocupacional que trabalha com as emoções, os sentimentos, as sensações de cada participante através de sua fala, da música, da dança criativa, da respiração e de técnicas de relaxamento e alongamento. Público Alvo: pessoas maduras, que se sintam desmotivados e que queiram viver melhor. Realizado todas as quintas-feiras de 14.30h às 16.00horas, na Payot empresa de cosméticos, Rua Fernando Osório, 15 – Flamengo  (21) 2553-7478.

 

  Profissionais responsáveis: Jô Valença Mrad, terapeuta corporal há 18 anos, com especialização em bioenérgica, massoterapeuta e professora de técnicas orientais. Jussara Câmara é jornalista, formada em gerontologia social e atua nesta área há mais de 8 anos.

 

CURSO DE CUIDADORES  DE IDOSOS

cuidado-idoso

 UNIVERSIDADE ABERTA À MATURIDADE DA PUC-SP ABRE NOVAS TURMAS

A Universidade Aberta à Maturidade, oferecida pela PUC-SP, por intermédio de sua Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão (Cogeae), é uma proposta de educação permanente, dirigida a pessoas de ambos os sexos, com mais de 40 anos, interessadas em reciclar e atualizar seus conhecimentos.


O curso oferece aulas e palestras sobre matérias e assuntos diversos, além de orientações para uma vida alegre e saudável. Também oferece a oportunidade de participar de atividades sociais e culturais estimulantes: visitas monitoradas a museus, pinacotecas, exposições, e outros espaços culturais. Além disso, os alunos participarão de passeios e excursões a locais de interesse histórico e turístico.


O curso parte dos conceitos básicos contidos nas teorias de autores consagrados - Piaget, Rogers e Paulo Freire -, adotando a chamada "Pedagogia do prazer". Significa trabalhar com o princípio da espontaneidade e da participação ativa dos alunos no seu processo de aprendizagem. Por isso, não são exigidas provas, exames, ou trabalhos obrigatórios de qualquer tipo. O importante é que os alunos estejam sempre motivados para aquilo que propomos.


A cada semestre, os módulos são repetidos, porém, sempre com conteúdos variados e dentro de uma programação renovada em cada fase do curso (fases I, II, III e IV).


Sem qualquer acréscimo de custo, os alunos ainda poderão, em cada fase, ou nas fases especiais, escolher um ou mais cursos optativos, de acordo com seus interesses e disponibilidades. Entre outros, iniciação à informática, danças contemporâneas, oficina de canto coral, oficina de tai-chi-chuan e língua espanhola. Sempre em horários alternativos às matérias regulares, para que possam usufruir de todas as oportunidades.


Os cursos regulares duram quatro semestres. Qualquer um deles tem 90 horas-aula, e os encontros se dão duas vezes por semana, das 14 às 17 horas. Com início em 02 de Março de 2009, e aulas no campus Monte Alegre, que fica na Rua Ministro Godói, 969 – Perdizes – São Paulo.

Mais informações e inscrições: 0(XX)11 3124-9600 , www.pucsp.br/cogeae e infocogeae@pucsp.br.

 

 Universidade da Terceira Idade EM CAMPINAS

 A Universidade da Terceira Idade está ligada a Pró-Reitoria de Extensão (Proext). Podem participar pessoas alfabetizadas e a partir de 45 anos.

 

O curso tem duração de três semestres. Durante esse período os estudantes terão oito módulos que passam pelos aspectos biológicos do envelhecimento, aspectos psicossociais da terceira idade, o idoso e sua situação sócio-econômica, a cultura na terceira idade, educação física, recreação e lazer, a organização político-social na terceira idade, a vivência e estágios.

 

Além desses módulos, cujas aulas acontecem as segundas e quartas-feiras, das 14h às 17h, no Prédio Central da PUC-Campinas, há Oficinas de Dança, Informática, Espanhol, Inglês, Oficina do Corpo, Postura e Beleza na 3ª. Idade, Relações Interpessoais, Coral e outras, que acontecem nos demais dias da semana. O aluno escolhe uma ou mais Oficinas, participando, no mínimo, de três tardes por semana.

 

Há também atividades complementares como passeios, excursões, trabalhos voluntários, participação em eventos. Todas as atividades (tanto os módulos quanto as oficinas), estão incluídas na mensalidade (R$ 125,00).

 

Universidade da Terceira Idade - Rua Marechal Deodoro, 1099 (Centro) Telefone: (19) 3735-5894

 

VIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MEDIA ANTIENVELHECIMENTO

 SIMPOSIO

 

O CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL - RJ PROMOVE OFICINA DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS - "OS CONTOS MARAVILHOSOS"

 

 . Ministrantes: "As Alquimistas da Palavra"

                              Sonia Sampaio e Deka Teubl

                              Profas. (Letras) e Contadoras de Histórias

. Programa:

 - Os Contos Maravilhosos:

    . Contos de Encantamento e

    . Contos de Fadas

 - Origens, Propósitos, Características e Estruturações

 - Leitura e Análise Literária de Contos

 - Atividades Lúdicas / Dinâmicas de Grupo

 - Vivências Narrativas

 - Elementos Constantes na Estruturação dos Contos

 - Características Invariantes Estruturais dos Contos

 - Produção Coletiva de Contos Maravilhosos

 - Contação de Narrativas

 - Bibliografia

 - Entrega de Certificados

 

.Centro Cultural Justiça Federal - RJ Av. Rio Branco, 241 / térreo - (Centro) – RJ. Investimento: R$90,00 (com material didático)

Sonia Sampaio / e-mail: sonia.sampaio@oi.com.br Fone: (21) 2551-3572

 

I SIMPÓSIO DE ESTÉTICA GERONTOLOGIA E ENVELHECIMENTO – I SEGE

 

O encontro acontecerá no Centro Universitário Augusto Mota, Rio de Janeiro, nos dias 21 e 23 de março de 2009, com o tema "O envelhecimento, a estética, a gerontologia e a geriatria: um olhar inter/ multidisciplinar.

21 de março: Debates das 9h as 12h:

“o idoso institucionalizado o resgate e a manutenção dos cuidados estéticos: um olhar sobre a auto-imagem e a imagem social da pessoa mais velha” Das 14 as 18h  Os procedimentos estéticos e o envelhecimento.

Inscrição: 50,00  15,00 (INSCRITO NO SEGE)

 

23 de março das 8 as 21h – Simpósio

Inscrição: 50,00 até 20/02/2009 – 80,00 até 18/03/2009.

 

http://www.unisuam.edu.br/hotsite/sege/ www.unisuam.edu.br

 

_________________________

Direitos autorais (Lei federal nº 9.610/98) - Quando da utilização de material  deste site, deve ser feita a seguinte referência: "extraído de www.idademaior.com.br"