vidaememoria
 

 

POR QUE CONSUMIMOS POUCA CARNE SUÍNA?

 

No mundo todo, a carne suína é a carne mais consumida (64%, contra 27% da bovina e 8% da carne de frango), com exceção do Brasil, onde ela aparece em terceiro lugar. Por quê?

 

Porque até uns trinta anos atrás, no Brasil, o porco era criado sem cuidado, solto ao redor das casas de fazendas, comendo tudo o que encontrava.

 

Fora isso, antigamente, se extraía a banha do porco, no tempo em que não havia óleos vegetais e nem geladeira, para cozinhar e conservar os alimentos. Nessa época, o ideal era que o animal pesasse 400 quilos.

 

Hoje um animal médio, pesa no máximo 100 quilos. Sua gordura foi reduzida em até 80%, porque o objetivo hoje é a carne, que é rica e saborosa.

 

Estabeleceu-se, assim, um preconceito cultural muito grande. Tanto que  foi criada uma campanha "Um novo olhar sobre a carne suína" para erradicar essas idéias errôneas. Para mostrar que hoje o suíno é nascido e criado em confinamentos, tratado com toda higiene, ração adequada e remédios e que sofre pelo menos cinco inspeções antes de ser declarado apto para o consumo.

 

A suinocultura representa um elemento importante de fixação do homem no campo, proporcionando emprego e renda a milhões de pessoas, evitando que venham aumentar o círculo de pobreza das cidades. Outra razão importante é que a carne suína é mais barata que a bovina.

 

No entanto, o Brasil é o quarto maior produtor mundial e também o quarto maior exportador mundial, justamente porque o consumo interno não é expressivo. Mesmo que no ano passado, as vendas da carne de porco aumentaram  de 50% a 200%, ainda há necessidade de aumentar o consumo da carne em 2kg por habitante até 2010.

 

A Associação Brasileira de Criadores de Suínos (ABCS) e todas as suas afiliadas estaduais estão empenhadas em aumentar o consumo interno, que é de apenas 13 kg/habitante ano (dos quais 10% em forma de produtos industrializados, como lingüiça, presunto, salame etc. e apenas 3% em forma de cortes) contra 26 kg no Paraguai, por exemplo e 67 kg na Áustria.

 

CAMPANHA

O plano de ação "Um Novo Olhar da Carne Suína" que continua em 2009, tem como objetivo criar um ambiente favorável ao consumo desta carne. O presidente da APS - Associação Paranaense de Suinoc, Irineu Wessler explica que é preciso articular e organizar todos os agentes e processos envolvidos: os produtores, indústria, açougues, bares e restaurantes, pastelarias e feiras. Assim, pode-se atender a demanda de cortes, pratos e petiscos mais adequados e cada vez melhor para os consumidores.

 

O brasileiro ainda associa a carne de porco a eventos festivos, como o Natal. No dia-a-dia come-se pouco, a carne bovina ainda é preferência. Esta campanha busca conscientizar a população dos benefícios da carne suína e estimular o seu consumo mostrando sua nutratividade, seu custo e comodidade.

 

Fora isso, a carne suína é uma ótima escolha para uma refeição, pois é saudável e saborosa.

 


BENEFÍCIOS DA CARNE SUÍNA

 

O médico nutrólogo, Maximo Asinelli, ressalta que as características físicas e químicas da carne suína são imensas. "Além se serem saudáveis, sua maciez e sabor agradável, são fatores que tornam a carne suína bem aceita pelos consumidores" e completa, "a carne de porco possui adequado teor de proteínas (19 a 20% na carne magra) com boa combinação de aminoácidos essenciais, apresentados em forma biologicamente disponível. Também é uma excelente fonte de vitaminas do complexo B, principalmente de Tiamina (B1), Riboflavina (B2) e Cobalamina (B12)", diz Maximo.

A Tiamina, por exemplo, é importante para o metabolismo das gorduras, carboidratos e proteínas, e essencial no sistema nervoso central e devido a isto é conhecida como vitamina antineurítica.

Já a Riboflavina - só encontrada em tão grande quantidade na carne suína e no leite - é essencial para a formação de células vermelhas do sangue, para a ocorrência da neoglicogênese e na regulação das enzimas tiroideanas.A riboflavina combina-se com o ácido fosfórico nos tecidos ,fazendo parte de duas coenzimas: a flavina mononucleotídio e a flavina adenina dinucleotíeo.

Essas enzimas participam dos processos de oxirredução nas células e como enzimas desidrogenases, que catalisam o primeiro passo na oxidação de intermediários do metabolismo dos ácidos graxos e da glicose e também estão envolvida na ativação da vitamina B6.


A Cobalamina (B12) é importante no metabolismo dos ácidos nucléicos e essencial para o funcionamento de todas as células do organismo, especialmente no trato gastrointestinal, tecido nervoso e medula óssea. Atua também na maturação das células sangüíneas vermelhas e na formação da bainha de mielina. Esta envolvida no metabolismo das gorduras, proteínas e carboidratos e também do ácido fólico.

MAIS VANTAGENS

"A carne suína também se destaca pelo seu conteúdo de cálcio, fósforo e principalmente potássio, que tem importante função na normalidade da pressão sangüínea. E, como se sabe, a hipertensão tem alta prevalência na população humana e as principais indicações nutricionais para controlá-la são as de diminuir o sódio e aumentar o potássio", ressalta o nutrólogo.

Outro mineral importante da carne suína é o ferro, que é biodisponível e rapidamente assimilado pelo organismo A deficiência de ferro é especialmente sentida pelas crianças e mulheres: público alvo de riscos de anemia.

Ao consumir 85 gramas de carne suína, um indivíduo atende aos seguintes percentuais de suas necessidades diárias de nutrientes: 53% de tiamina (B1) , 33% cobalamina (B12) ,22% de fósforo, 20% de niacina (B3),19% de riboflavina (B2), 18% de piridoxina (B6),15% do zinco ,15% do zinco 11% do potássio , 7 % do ferro e 6% do magnésio. (FONTE: Blog Sabores & Letras, setembro de 2008).

 

 

RECEITAS  PRÁTICAS E RÁPIDAS PARA SE FAZER

 

RECEITA ORIGINAL DE MOLHO A BOLOGNESA É COM CARNE SUÍNA

Ninguém resiste a um bom molho a bolognesa. Gostoso, dá água na boca. Porém, poucos sabem que em sua receita original, 70% da carne tem que ser suína. Além de gostoso, o molho é muito prático. Pode ser usado no macarrão, lasanha, penni, sanduíches e o que mais a sua imaginação permitir.

 

Mais saudável e menos calórico que os molhos a base de queijo, traz muitos benefícios também ao nosso organismo. O tomate, que é a base ajuda a reduzir 11 tipos de câncer, é boa fonte de vitamina C e funciona como antitóxico.

  

INGREDIENTES:

350g de carne moída suína

150g de carne moída bovina

1 cebola grande bem picadinha

2 dentes de alho

1 pimentão médio picado

Azeite de oliva

Cebolinha e salsinha picadas

1 litro de molho ao sugo

 

MODO DE PREPARO:

Coloque na panela, primeiro o azeite, depois o alho e a cebola. Ligue o fogo, assim que dourar a cebola coloque o pimentão. Quando o pimentão estiver mais cozido, acrescente o molho ao sugo e espero cozinhar por alguns minutos. Ponha o tempero a gosto. Sugere-se colocar uma colher de chá de açúcar para reduzir a acidente do tomate. Coloque então a carne moída e acrescente a cebolinha e salsinha. Quando a carne cozinhar, seu molho já está pronto para ser degustado a sua escolha.

 

 

COSTELA SUÍNA RECHEADA    


costela-recheada

INGREDIENTES
• 1 costela suína inteira (aproximadamente 2,500 kg)
• Tempero básico: alho, limão e sal (pimenta, se gostar)
• Farinha de milho branca;
• Bacon em pedaços (tiras) médios;
• Retire a ponta da costela onde tem só carne e corte em cubos;
• Um gomo generoso de lingüiça fresca de lombo;
• Cebola e tomate cortados em cubinhos;
• Azeitonas pretas ou verdes a gosto (sem os caroços e cortadas em rodelas);
• 2 colheres de sopa de margarina
• Cheiro verde picadinho
  
MODO DE PREPARO
Tempere a costela com alho, limão e sal e outros condimentos a gosto.
Reserve, virando-a de vez em quando para agregar bem o tempero.

Pode fazer a sua farofa, mas, aí vai nossa sugestão:Farofa:Em uma panela coloque a margarina para derreter, em seguida acrescente o bacon e deixe fritar bem;Agregue a carne em cubos que retirou da ponta da costela, frite bem;Coloque a lingüiça, bem esmigalhada sem a tripa e frite, também.

Acrescente a cebola e deixe dourar; depois coloque o tomate picadinho; faça um refogado e vá acrescentando as azeitonas, cheiro verde e, se achar necessário acrescente um pouco de água.

Refogado pronto, prove o sal se está a gosto,lembrando que irá acrescentar a farinha de milho branca que não tem sal algum.
Vá acrescentando a farinha de milho e mexendo sempre, até formar uma farofa não muito seca.

Faça na quantidade que dê para encher a costela (aproximadamente a quantidade que vem no pacote de farinha).
Costure as laterais da costela com a parte dos ossos para dentro, como se fosse uma bolsa.

Coloque a farofa generosamente e feche, costurando-a para finalizar.
Coloque em uma assadeira de alumínio, regue com o restante do tempero e acrescente um pouco de água.

Cubra com papel alumínio, faça alguns furos para saída do vapor e leve para cozinhar em forno pré-aquecido por aproximadamente 2 horas. Após, retire o papel alumínio e deixe dourar.

 

BISTECAS AO MOLHO DE ERVAS FINAS  

 

bisteca
INGREDIENTES:
- 8 bistecas suínas;
- 2 colheres de sopa de salsinha picada;
- 1 colher de sopa de ervas finas;
- 1 dente de alho;
- 2 colheres de sopa de óleo;
- óleo para untar;
- 2 colheres de sopa de mostarda;
- 8 fatias de presunto;
- sal;
- pimenta-do-reino

MODO DE FAZER:
Junte o dente de alho picado, misture duas colheres de sopa de óleo, as ervas finas e bata bem com um garfo para formar um molho grosso. Tempere a carne com sal e pimenta-do-reino a gosto, passe mostarda em cada bisteca e depois passe o molho de temperos. Ponha uma fatia de presunto em cima de cada bisteca, embrulhe em papel alumínio untado. Asse em forno médio 180 graus, por cerca de 40 minutos. Sirva no próprio papel.

 

EISBEIN - Prato típico da cozinha alemã

 

eisben

 

INGREDIENTES:
- 4 joelhos de suíno com courinho;
- 5 morcelas brancas;
- 5 morcelas pretas;
- 5 salsichões;
- 500g de batata;
- 500g de chucrute;
- sal a gosto;
- pimenta a gosto;
- cravo a gosto;
- canela a gosto;
- temperos verdes a gosto;
- crem (raiz forte) a gosto;
- mostarda a gosto.

MODO DE PREPARAR:
Cozinhe os joelhos de suíno com os temperos em água até ficarem moles, mas não deixando desmanchar.
Cozinhe as batatas com água e sal.
Cozinhe o chucrute com um pouco da água do cozimento dos joelhos de suíno e 3 cravos.
Cozinhe as morcelas e os salsichões em água fria até ferver.
Retire as carnes da água e sirva bem quentes com as batatas, o chucrute, o creme e a mostarda.


ESPETINHO DE QUEIJO COM FILEZINHO SUÍNO E ABACAXI

 

espetinho

 INGREDIENTES:
2 Filezinhos suínos Avipal temperados de um dia para o outro.
1 abacaxi maduro
1 Pacote de espetinho de queijo coalho

MODO DE PREPARO:
Descasque o abacaxi.
Retire o queijo coalho dos espetinhos.
Corte em cubos os filezinho, o abacaxi e o queijo.
Espete um cubo de queijo, um de abacaxi e um cubo de filezinho de suíno. Repita mais uma vez.
Grelhe os espetos dos 4 lados

.

_________________________

Direitos autorais (Lei federal nº 9.610/98) - Quando da utilização de material  deste site, deve ser feita a seguinte referência: "extraído de www.idademaior.com.br"