vidaememoria
 


IDENTIFIQUE OS VALORES ENERGÉTICOS

E CALÓRICOS NOS ALIMENTOS

As cores dos alimentos são determinadas pela presença dos pigmentos que, além de colorir, desempenham papel importante na prevenção e na proteção do organismo contra doenças infecciosas. A coloração acaba denotando a presença de pigmentos e, por isso, uma "dieta colorida" tem melhores chances de ser mais saudável.

Alimentos de coloração branca como a do leite, queijo, couve-flor, batata, arroz, cogumelo e banana são definidas como as melhores fontes de cálcio e potássio. Estes são minerais importantes para o funcionamento do organismo, pois contribuem para melhor formação e manutenção dos ossos, ajudam na regulação dos batimentos cardíacos e são fundamentais para funcionamento do sistema nervoso e dos músculos.

A cor vermelha que é encontrada em morangos, tomates, melancias, caquis, framboesas e cerejas, possui uma substância chamada de licopeno, tendo a função de antioxidante. Recentemente esses alimentos de pigmentação vermelha foram apontados como protetores eficazes contra o aparecimento do câncer de próstata e , ainda contêm antocianina, substância que estimula a circulação sangüínea.

Mamão, cenoura, laranja e a abóbora, são alguns dos alimentos de pigmentação amarela ou alaranjada, ricos em vitamina B-3 e ácido clorogênico. Estas substâncias são as que mantêm o sistema nervoso saudável e ajudam a prevenir o câncer de mama. Outra substância encontrada é a beta-caroteno, um antioxidante que ajuda a proteger o coração.

Os alimentos azulados e arroxeados, como a uva, a ameixa, beterraba ou repolho-roxo contêm ácido elágico, substância que ajuda a retardar o envelhecimento e age no combate as células cancerígenas, neutralizando-as, antes mesmo de alterarem o código genético.

A coloração verde provinda dos vegetais folhosos, pimentões e ervas, contêm clorofila e vitamina A, substâncias que portam características como as de desintoxicar células e inibição dos radicais livres (substâncias que danificam as células e causam doenças com o passar do tempo). Outra propriedade encontrada é o efeito anticancerígeno, além de proteger o coração, cabelo e pele.

As fibras e vitaminas do complexo B e E são, principalmente, encontradas em nozes, aveia, castanhas e cereais integrais, que por sua vez tem uma cor marrom. Tais substâncias e nutrientes têm importâncias vitais no organismo, por que melhoram o funcionamento do intestino, combatendo a ansiedade e depressão, ainda previnem o câncer e doenças cardiovasculares.

Fonte: Wilmar Jorge Accursio, médico endocrinologista e nutrologista, é diretor do Centro de Estudos de Pós-Graduação da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, Presidente da Sociedade Brasileira de Antienvelhecimento (SOBRAE)

A COR VERDE

Os alimentos com esta cor contém as principais fontes de vitamina A, ferro, clorofila, fibra, potássio e magnésio.

 ALFACE - é ótima fonte de vitamina A, do complexo B, C, sais de cálcio e de ferro. Além de ser muito nutritiva, tem fibras que favorece ao bom funcionamento intestinal.

 AGRIÃO - Tem em sua composição enxofre, potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro e vitaminas A, B1, B2 e C. Em seus talos, existem importantes nutrientes como o iodo. Age como diurético, mineralizante, fortificante, depurativo e adstrigente.

BRÓCOLIS - Riquíssimo em vitamina A, ferro e cálcio tanto em suas folhas como flores. Nas folhas do brócolis concentra o cálcio, em quantidade 17 vezes superior à do leite humano e 5 vezes a do leite de vaca in natura.

 ESPINAFRE - Tem alto teor de cobre, é rico em ferro, potásio, enxofre, magnésio, silício, além de vitaminas A, C, tiamina e riboflavina.

  PEPINO -
É fonte de potássio e enxofre, que faz parte da queratina, proteína boa para o cabelo, unhas e pêlos. Deve-se comê-lo com casca, que tem grandes quantidades de enzimas, fibras, sais minerais e glicídios.

 

_________________________

Direitos autorais (Lei federal nº 9.610/98) - Quando da utilização de material  deste site, deve ser feita a seguinte referência: "extraído de www.idademaior.com.br"