nutricao
 

    
PORQUE ENGORDAMOS NO INVERNO

  "Com o frio, nosso organismo gasta mais energia para manter a temperatura do corpo . Desde os primórdios da raça humana , há um mecanismo que nos faz comer mais no inverno para produzir mais calorias, pois o frio acelera a queima de gordura para produzir calor .

  Inventamos casas , roupas , aquecedores, não sentimos frio, mas continuamos os mesmos biologicamente ; portanto, ainda que mais aquecidos e não gastando mais calorias,  o frio, mesmo assim,  nos faz querer comer mais. 

É comum, também, nessa época, deixarmos de lado as saladas e comidas light, tão saudáveis, e preferirmos os alimentos mais calóricos, como queijos e pães gordurosos, chocolates, e até mesmo bebidas alcoólicas. O resultado não pode ser outro: em pouco tempo, nos damos conta de que estamos acima do peso ", afirma o médico endocrinologista Wilmar Jorge Accursio, presidente da SOBRAE.

Como emagrecer depois pode ser difícil, o segredo é cuidar-se desde agora. Tomando alguns pequenos cuidados, è possível manter a forma e a saúde o ano todo.  Basta usar  o bom senso e a moderação.

Sugerimos que sobre esse tema seja entrevistado o médico endocrinologista Wilmar Jorge Accursio, que também é nutrólogo, formado pela Faculdade de Medicina da UNIFESP, , que poderá  fornecer várias dicas aos leitores/telespectadores, sobre como se alimentar bem no inv

É POSSÍVEL COMER BEM NO INVERNO, SEM ENGORDAR?

Em primeiro lugar, não importa a estação do ano: existem algumas regras básicas de qualquer programa de saúde e reeducação alimentar, que precisam ser mantidas como  ingerir muito líquido , praticar uma atividade física regularmente, não pular refeições, evitar gorduras trans, comer de tudo um pouco. 
 

O Dr. Wilmar Jorge Accursio, adverte: "É comum às pessoas reduzirem o consumo de sucos e líquidos no inverno , o que não é recomendável. Deve-se manter a hidratação do corpo também nesse período do ano, consumindo ,  no mínimo,  1,5 litros  de água ao dia. Como há maior necessidade de produção de calor, o corpo necessita também de água" .

Quando a temperatura diminui e o frio não está para brincadeiras, o corpo pede ajuda. Para manter sua própria temperatura, o organismo precisa de mais calorias e, por isso, a fome aumenta.

- O problema é que, em geral, as pessoas acabam abusando da quantidade dos alimentos e, além de comer mais, escolhem de preferência comidas mais gordurosas. A explicação para isso é simples: todos alimentos gordurosos são mais gostosos, mais palatáveis e a gordura é o macronutriente que menos sacia (proteínas são as que mais saciam), explica..

 Resistir aos pratos típicos do inverno,  não é tarefa das mais fáceis. O acompanhamento de um profissional pode ajudar a montar uma dieta equilibrada e dar dicas preciosas, como por exemplo,  sempre que possível,  substituir os queijos amarelos pelos brancos, que são menos calóricos. O chocolate quente, tão apreciado nesta época do ano, pode ser substituído por um chá com adoçante, que esquenta o organismo da mesma forma. Para os que  não abrem mão do chocolate quente, prepará-lo com leite desnatado e achocolatado diet, e procurar ingeri-lo moderadamente.

Segundo  o endocrinologista  Wilmar Accursio , para quem não quer engordar e precisa controlar a balança,   "  é aconselhável conhecer os valores calóricos dos pratos  desde a hora que  escolher o cardápio. Mas só isso não basta: é fundamental , também, consumir os alimentos na quantidade certa".

 Outra dica do Dr. Wilmar, para entrar no clima e curtir as delícias do inverno, mas  diminuindo a quantidade de calorias ingeridas, é que se pode comer um delicioso  fondue de queijo, desde que preparado com leite desnatado e queijo magro e optando por utilizar no lugar de pão, vegetais  como  cenoura, pepino, couve-flor, brócolis, chuchu.

Para o médico, algumas comidas típicas do inverno não são uma tragédia nas dietas.  As sopas, por exemplo, podem ser uma boa pedida, desde que pouco calóricas, frisa o dr. Accursio.

- Como nesta época, as pessoas costumam evitar as saladas, por serem frias, acabam deixando de ingerir verduras e legumes. As  sopas de legumes  não costumam ter muitas calorias  e também são de suma importância em nossa alimentação, porque fornecem alguns tipos de vitaminas e fibras. Devemos utilizá-las refogadas ou junto a outras preparações, continua.

Mas atenção: assim como as sopas podem - e devem - fazer parte do cardápio, nossas escolhas devem recair sobre as mais nutritivas e menos calóricas, como as de legumes. - Já as sopas cremosas, como as de queijo, ervilha, devem ser evitadas. Isso porque entre os ingredientes utilizados estão o bacon, queijos amarelos ou cremosos, creme de leite, o que as tornam calóricas devido às quantidades de gorduras" ,acrescenta o médico.

Quanto às bebidas alcoólicas e doces, só existe um jeito: moderação e bom senso. Comer e beber de tudo um pouquinho e depois praticar algum exercício físico pára gastar o que se ingeriu. No inverno as pessoas tendem a aumentar o consumo de bebidas alcoólicas, o que pode representar um consumo exagerado de calorias e, como conseqüência, aumento de peso. Por isso ,  lembre-se que cada grama de álcool fornece 7 calorias ao nosso organismo.    Quando desejar consumir doces, opte por frutas da estação, barrinha de cereais e gelatina diet.

Não se deve pular refeições, ou ficar longos períodos sem se alimentar , para evitar, assim,  comer em demasia  na próxima refeição.  Fracione as suas refeições, estabelecendo horários e seguindo-os !  Para aprender a distinguir e a sentir quando estiver satisfeito, é importante comer  devagar, mastigando bem os alimentos,  em ambientes tranqüilos , de preferência sentado.  Assim, saberá parar  no momento certo e aprenderá a se controlar.

Um inimigo da boa forma é a falta de exercícios físicos. No frio, a situação se agrava, porque fica muito mais difícil abandonar um bom cobertor para ir à academia, ou mesmo fazer uma caminhada na rua, ou no parque. O resultado da falta de atividades pode aparecer nas roupas que passam a não servir e no susto com o aumento marcado pela balança.É importante que você não perca o ânimo para malhar durante o período de frio. A prática de atividade física é importante para qualquer época do ano. Além de evitar o ganho de peso.

Seguindo essas dicas e tendo em vista uma alimentação saudável e balanceada, dá para aproveitar todas as delicias do inverno. Uma boa seleção de alimentos pode suprir as necessidades aumentadas de calorias sem levar a um aumento de peso.

FONTE: o médico endocrinologista Wilmar Jorge Accursio, que também é nutrólogo, formado pela Faculdade de Medicina da UNIFESP .

_________________________

Direitos autorais (Lei federal nº 9.610/98) - Quando da utilização de material  deste site, deve ser feita a seguinte referência: "extraído de www.idademaior.com.br"