vidaememoria
 

POR QUE ALGUMAS DIETAS NÃO DÃO CERTO?

 

A Dra. Amanda Epifânio, nutricionista e a Dra. Ellen Paiva, endocrinologista do CITEN -  Centro Integrado de Terapia Nutricional nos falaram sobre o motivo de algumas dietas não darem certo. Por exemplo, a Dieta da Sopa, Dieta do Tipo sanguíneo, Dieta do Dr. Atkins são dietas focadas em alguns alimentos ou grupo de alimento específico daí, serem monótonas e impossíveis de serem mantidas a longo prazo, explicaram.

 

“ Elas não levam em consideração as preferências alimentares dos pacientes. Impedem o consumo de alimentos fundamentais à saúde, sem nenhuma base científica”, advertiu a Dra Amanda.

 

Dietas de desintoxicação, segundo a nutricionista do Citen: as pessoas não se intoxicam com os alimentos, a menos que esses alimentos estejam contaminados.

 

A Dra. Ellen Paiva, endocrinologista do Citen mostrou que a adesão a essas dietas causam riscos à saúde porque a desidratação grave provocada por elas pode ser  erroneamente interpretada como perda de peso. As pessoas recuperam todo o “peso perdido”, assim que alcançam um nível de hidratação adequado.

 

Para a  Dra. Amanda Epifânio na perda de peso não existe magia e sim um processo consciente de readequação dos alimentos em relação ao gasto calórico, por isso não é aconselhável as dietas com alimentos mágicos, como o uso de suplementos, enzimas, shakes.

 

De acordo com a endocrinologista do Citen o uso desses artifícios não interfere em nenhuma etapa do emagrecimento. Os suplementos comprovadamente são placebos, as enzimas nada fazem pela queima de gordura localizada ou sistêmica, e, os shakes, além de nutricionalmente inadequados, são enjoativos e não proporcionam saciedade ao paciente.

 

DIETAS DE BAIXÍSSIMAS CALORIAS

Esta também segundo a Dra. Amanda Epifânio não atende às necessidades mínimas do organismo e por isso não são toleradas. Seus efeitos colaterais como tonturas, fraqueza, tremores e sudorese praticamente inviabilizam a continuidade da dieta.

 

Elas promovem a redução do gasto calórico  e desencadeiam quadros compulsivos alimentares, concluiu a Dra. Ellen Paiva.

 

As duas especialistas alertaram para as dietas “boas demais para ser verdade”, quando alguém fala:  perdi 18 kg com a dieta da pupunha do Amazonas.

 

Elas disseram que por mais sejam irreais e absurdas, estas dietas iludem as pessoas e as tornam ainda mais ignorantes em relação à nutrição, afetando, principalmente, aquelas que vivem em busca de uma alternativa mágica de dieta.

 

- Nenhum alimento isoladamente pode estar envolvido no processo de emagrecimento, principalmente quando as perdas são grandes. Perder peso dessa forma, assim como ocorre em todas as dietas restritivas, não nos deixa a mínima possibilidade de tornar essa perda duradoura, concluiu a  Dra. Ellen Paiva, endocrinologista do Citen.

 

 

EMAGRECER PODE SER BEM MAIS FÁCIL

CONTROLANDO AS EMOÇÕES

 

Todo mundo conhece a fórmula do emagrecimento: dieta balanceada aliada à queima calórica por meio de exercícios físicos. Porém, também se sabe que aspectos emocionais contribuem para o sucesso ou o fracasso de uma dieta. “Como em tudo, as emoções afetam a ansiedade e outros sentimentos que nos levam, muitas vezes, a nos refugiar na comida. Portanto, para que se obtenham resultados positivos no processo de emagrecimento, é preciso também encontrar o equilíbrio emocional”, explica Maria Aparecida das Neves, terapeuta floral e especialista em transtornos alimentares.

 

Para quem quer atacar o problema por todos os lados, Maria Aparecida indica os Florais de Bach Originais. As essências florais não são medicamento, mas sim, elementos capazes de agir sobre as emoções e sentimentos que nos levam a transtornos, doenças, culpas e muitos outros males.

 

Aliados, os florais Crab Apple, Cherry Plum e Chestnut Bud compõem uma fórmula que ajuda na aceitação das imperfeições, no controle dos ataques à geladeira e no aprendizado do que é ou não bom para sua dieta.

 

Por serem naturais, os Florais de Bach Originais não têm contra-indicação, podendo ser aplicados a pessoas de todas as faixas etárias, mesmo aquelas que apresentam problemas físicos, explicou a terapeuta floral.

 

EATING KIT

No Brasil, os florais são vendidos separadamente, mas os três frascos formam exatamente o mesmo produto. Maria Aparecida das Neves comenta a ação de cada um dos florais que compõem o ‘Eating Kit’:

 

Crab Apple – Trata-se de um floral indicado para a auto-aceitação. “Quando a pessoa tem problema em aceitar-se, podendo desenvolver repugnância por sua aparência se acha visualmente desagradável, sentem-se sujos, impuros, perde a auto-estima por não aceitar suas imperfeições, dificilmente encontra forças para mudar. É aí que o Crab Apple e’ conhecido como o floral da limpeza, ela ajuda a limpar qualquer que seja o aspecto – físico ou mental, já que ajuda no processo de aceitação de suas imperfeições”.

 

Cherry Plum – Quando você sente medo de perder o controle e causar danos a voce mesmo, que perdeu o controle de sua dieta, ao simples fato de ser contrariada, vai para a compensação. Cherry Plum o ajuda a pensar e agir racionalmente. “É a típica cena: você sabe que um pedaço de pizza tem o mesmo gosto que a terceira ou quarta fatia. E sabe que não precisa de uma grande quantidade de alimento. Porém, algo o faz atacar o prato, totalmente sem controle. O Cherry Plum  pode ser considerado um Tonico para a razão, que permite retomar o controle sobre seus pensamentos e ações, ajudando-o a entender o processo de emagrecimento e a agir em prol de sua dieta”.

 

Chestnut Bud – Para completar o Eating Kit, o Chestnut Bud vem ajudá-lo a não repetir os mesmos erros. “Há pessoas que vivem em dieta eternamente. Dieta da lua, da proteína, dos pontos, há quem conheça cada uma delas detalhadamente. Elas já sabem como se alimentar corretamente e como escapar das armadilhas alimentares, parecem não aprender com suas experiências, sempre cometem os mesmos erros. Compras exageradas de itens que devem ficar fora da dieta, abuso de álcool e sobremesas, vontade de faltar na academia... Seja como for, acabam repetindo os mesmos erros – e que o leva cada vez mais distante do seu objetivo – o Chestnut Bud o auxiliará a não repetir as mesmas falhas,ajudando a seguir adiante e alcançar um nível de vida melhor”.

 

Maria Aparecida explica que os Florais de Bach originais não substituem a dieta, os exercícios físicos ou mesmo os medicamentos (quando receitados por médicos), mas complementam o tratamento atuando diretamente nas emoções.

 

Mais informações sobre os produtos e vendas: www.disqfloral.com.br. Maria Aparecida das Neves é  proprietária do Disq Floral, empresa que comercializa e distribui produtos relacionados a Florais de Bach e Aromaterapia.

 

 

O CHOCOLATE QUE SACIA

 

Um chocolate fabricado em farmácias de manipulação promete reduzir a vontade de comer em até 50%. Criado pela nutricionista Fernanda Machado Soares, da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição. Ela conta que elabora uma fórmula personalizada com a substância fenilalanina, um aminoácido encontrado no cérebro que ativa neurotransmissores responsáveis pela saciedade.

 

 O “chocolate saciante”, como está sendo chamado, age em neurotransmissores responsáveis pela sensação de saciedade. Ele é apresentado em minibarras de 25g de chocolate, sem colesterol, lactose e gordura trans.

 

A nutricionista explica ainda que outras substâncias podem ser incluídas na fórmula do chocolate, de acordo com a necessidade nutricional da pessoa.

 

Com valor calórico de 120 calorias, o “chocolate saciante” deve ser consumido cerca de uma hora antes das refeições ou às 17h, momento em que ocorrem as alterações hormonais.

 

Para a endocrinologista Vivian Estefan, o chocolate é uma alternativa, especialmente para quem não pode recorrer aos inibidores de apetite.

 

 

ALÔ NUTRICIONISTA – SERVIÇO GRATUITO  

 

O serviço Alô Nutricionista Mundo Verde oferece informações gratuitas sobre Nutrição pelo 0800-0222528 que funciona das 9 às 17 horas, de segunda a sexta-feira. A ampliação do horário visa atender à grande demanda de clientes por orientações sobre saúde, nutrição e qualidade de vida, bem como esclarecimentos sobre indicação e utilização dos produtos comercializados pelas lojas da rede.

 

O serviço não é um SAC, mas um serviço de atendimento exclusivamente de nutricionistas. São quatro profissionais – Bruna Murta, Flávia Morais, Natália Lautherbach e Thais Souza –, todas com pós-graduação em Nutrição, que oferecem um atendimento diferenciado aos consumidores.

 

Atualmente, são atendidas em média 30 pessoas por dia (por telefone e por email ( alonutricionista@mundoverde.com.br.) e a meta é chegar a 100 atendimentos diários.

 

O principal objetivo é atender gratuitamente os frequentadores das lojas para que saibam quais os produtos que melhor vão atender a suas necessidades e também como usá-los, para que possam ter uma alimentação saudável e balanceada.

 

DICAS DAS NUTRICIONISTAS DO MUNDO VERDE

Nutrir-se bem é alimentar-se adequadamente em termos de quantidade e qualidade, evitando doenças. Para isso, é necessário ingerir, em proporções balanceadas, alimentos com nutrientes como proteínas, açúcares (como carboidratos e massas), lipídios (gordura), vitaminas e sais minerais. Confira estas dicas sobre alimentação saudável:

 

- Coma abundantemente cereais, frutas e vegetais. Esses alimentos são ricos em nutrientes essenciais para o organismo, não devendo faltar na sua alimentação diária.

 

- Mantenha um peso saudável. O excesso de gordura no corpo aumenta os riscos para hipertensão arterial, doenças do coração, enfarte, diabetes e outras doenças. Por outro lado, a perda de peso também acarreta riscos à saúde como o aparecimento de osteoporose, e irregularidades menstruais (no caso das mulheres).

 

- Coma regularmente. Pular refeições pode levar a um descontrole da fome, podendo resultar numa indigestão. Procure fazer de quatro a seis refeições em intervalos de três em três horas.

 

- Reduza certos alimentos, não os elimine completamente. Se os seus alimentos preferidos são ricos em gordura, sal ou açúcar, não exagere na quantidade de sua ingestão.

 

 

_________________________

Direitos autorais (Lei federal nº 9.610/98) - Quando da utilização de material  deste site, deve ser feita a seguinte referência: "extraído de www.idademaior.com.br"