vidaememoria
 

 

O SAL NA MEDIDA
HELENA MENEGUETTI HIZZO

Cloreto de sódio, fórmula do sal. Ingrediente fundamental presente em quase todos os alimentos. Essencial ao bom funcionamento do corpo humano, seu uso em excesso, porém, causa transtornos à saúde. Que o digam os hipertensos. Embora muitos não atentem, ele também este presente nos alimentos doces e até no adoçante.

O sódio, elemento do sal, tem papel importante no equilíbrio de água no organismo, na contração muscular e nos impulsos nervosos. Por outro lado, seu abuso causa a retenção de líquido no corpo humano. Isso aumenta a pressão sangüínea, acelerando o batimento cardíaco.

Face a isto, a utilização equilibrada do componente torna-se imprescindível para pessoas com quadro de hipertensão. Há no mercado produtos que substituem o sal, como o cloreto de potássio. Existem, ainda, produtos que não possuem sal em sua fórmula, diferentemente de outros de sua categoria. É o caso do adoçante dietético natural puro de estévia. Todos os outros edulcorantes de sua classe, como os produzidos à base de ciclamato e sacarina, ambos artificiais, possuem em sua fórmula alguma percentagem de sódio.

A recomendação, segundo os especialistas, é de que o consumo diário de sal seja de seis gramas para a população em geral. Isso representa uma colher de chá do produto. Para os hipertensos, a medida máxima ideal é de quatro gramas por dia. Para este grupo de pessoas, o controle diário é fundamental. Principalmente para aqueles mais idosos, devido à perda de elasticidadedos vasos sangüíneos. Uma fatia de pizza contém 640 miligramas de sódio. Trinta gramas de batata frita possuem cerca de 170 miligramas de sódio.

Assim, o acompanhamento do consumo de sódio em produtos nas categorias "light" e "dietética" também é preponderante. O Ministério da Saúde calcula que haja quase 40% de hipertensos na população acima de 40 anos no País. Nunca é tempo de se prevenir e cuidar ao máximo quanto a esse silenciosa e traiçoeira doença.

Helena Meneguetti Hizo é diretora de Pesquisa e Desenvolvimento da Steviafarma Industrial.
 

EXCESSO DE SAL NA BATATA PALHA

A PRO TESTE Associação de Consumidores testou onze marcas de batata palha com análises de rotulagem, laboratoriais e de degustação e constatou que se não bastasse a gordura proveniente da fritura, os fabricantes deixam o produto ainda menos saudável ao salgá-lo demais. Duas marcas foram classificadas como ruim por excesso de sal, ou gordura trans, ou por não haver veracidade nas informações da rotulagem: Sendas e Fried Potatoes.
 
A batata palha, para ser considerada saudável, deveria trazer no máximo 0,3g de sal para cada 100g de batata. Nas batatas palhas testadas, a quantidade de sal adicionada ao produto chega a 1,6g em cada 100g do produto (Sendas), um grama a mais que na batata que menos adiciona sal (Crac). As batatas Pão de Açúcar e Fraizz,  além da Sendas, também exageram no sal.
 
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o consumo de sal diário de um adulto não deveria ultrapassar entre 3 e 6g. O sal em excesso traz sérios problemas para a saúde: eleva a pressão arterial e favorece o aparecimento de problemas cardíacos e renais.
 
Diante dos resultados que foram obtidos, só quem não tiver restrições médicas e não exagerar na quantidade e na freqüência, pode comer algumas marcas de batata palha sem maiores problemas. Porém, por causa da fritura, o mais saudável seria trocar a batata palha por batata cozida.
 
A Fried Potatoes apresentou gordura trans demais (3,35 g por porção) apesar de informar na rotulagem ter zero por cento. Trata-se de uma gordura que deve ser evitada. Como por razões tecnológicas, é impossível garantir a ausência total de gordura trans em alguns casos, a PRO TESTE reivindica à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a criação de uma norma que estabeleça um limite para a presença de gordura trans nos alimentos.
 
A tecnologia mais moderna já permite a fabricação de alimentos fritos com menos de 0,2g de gordura trans para cada 100g do produto final. Em média, com apenas uma porção de 25g das batatas testadas, já se ingere 17,6% das necessidades de gordura total e 20,4% de suas necessidades por gordura saturada.
 
O glutamato monossódico é um realçador de sabor muito utilizado quando fabricantes querem disfarçar que seus produtos têm baixa qualidade e é diretamente associado à intoxicação alimentar conhecida como Síndrome do Restaurante Chinês. Desta vez, foi encontrado glutamato apenas na Fried Potatoes.
   
Foram testadas as batatas palha das marcas: Carrefour, Elma Chips, Great Value, Extra, Visconti, Yoki, Crac, Pão de Açúcar, Fraizz, Sendas e Fried Potatoes.

 Maiores informações www.proteste.org.br

 

_________________________

Direitos autorais (Lei federal nº 9.610/98) - Quando da utilização de material  deste site, deve ser feita a seguinte referência: "extraído de www.idademaior.com.br"